quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

JEFTÉ - UM HERÓI DA FÉ

JEFTÉ UM EXEMPLO A SER IMITADO

Jefté foi um jovem que soube aproveitar a oportunidade que Deus lhe concedeu. Seu nome significa , Deus Abre. Foi o nono juiz de Israel, chefiou um grupo de homens foragidos e levianos, mas após ser cheio do Espírito Santo , derrotou completamente os Amonitas e feriu os efraimitas e julgou Israel por vários anos. Foi ele um dos grandes exemplos de fé em Deus.

Jefté teve a infelicidade de nascer de um relacionamento pecaminoso. Um ato de adultério. Por esse motivo os seus irmãos não o aceitavam em casa. Não queriam dividir a herança de seu pai. A vida em família tornou-se tão insuportável que Jefté teve que sair de casa. Podemos até traçar uma analogia entre Jefté e o homem que vive sem Deus. Assim como Jefté afastou-se da sua família o pecador afasta-se cada vez mais da família de Deus perdendo assim a sua herança espiritual. O pecado torna o homem afastado de Deus e sem comunhão com o seu Criador Mas o bondoso Deus olhou para esse jovem e viu nele potencial, Deus viu um vaso que poderia ser de grande utilidade. Deus viu em Davi o que ninguém poderia ver. Em Samuel Deus enxergou o que nem mesmo o sacerdote Ely pode enxergar e assim foi na vida de muitas pessoas usadas por Deus. A despeito do que diziam a respeito de Jefté, Deus viu Jefté como alguém de valor. Deus olha para você e não se importa com o seu passado, Ele não se importa com o que as pessoas estão pensando a seu respeito.

O passado não impede o trabalho de Deus na vida de uma pessoa. Deus está olhando para você como olhou para Jefté, Gideão, Elias e muitos outros servos de Deus . Ele vê o seu interior, o seu coração e os seus anseios. Ele vê você como um vaso de benção para abençoar vidas.

O local dos acontecimentos na vida de Jefté foi Gileade. Era uma região pedregosa , mas rica em pastagens e florestas. Ali acampou Jacó. Gileade foi a terra de Jefté , de Elias, Jair. Foi também refúgio dos Israelitas , dos filhos de Saul e mais tarde de Davi quando fugia de Absalão

A expressão o bálsamo de Gileade que tanto ouvimos falar e até pregamos em nosso meio tem a sua origem em uma árvore que produzia uma seiva branca e viscosa e de grande valor para cura de inflamações. Daí surgiu a expressão o bálsamo de Gileade. O bálsamo de Gileade hoje é o poder curador do Espírito Santo, que cura as nossas feridas mais profundas.

Nós observamos que Jefté ao contrário de José guardou rancor pelo tratamento recebido de seus irmãos. Podemos até dizer que existe uma certa semelhança entre Jesus e Jefté. Olhavam para ele e não viam nada que os agradassem , foi desprezado pelos seus irmãos e compatriotas.

O que mudou então a situação de Jefté que o colocou por cabeça de todo Israel?

1- OPORTUNIDADE- Jefté viu a oportunidade lhe aparecer e a pegou.
2- ELE VOTOU – Jefté clamou pelo Senhor. É bem verdade que o Seu voto foi um voto precipitado e lhe trouxe muita contrição, mas Deus honrou a sua oração e o seu voto.ao orarmos nós temos a certeza de que Deus ouve as nossa orações. A oração é o meio que temos para conversar com Deus .

3- ELE FOI CHEIO DO ESPÍRITO SANTO - A Bíblia enfatiza que o Espírito Santo se apossou de Jefté . após ser cheio do Espírito Santo, Jefté fez proezas que jamais faria em si próprio. Esta é uma das nossas maiores necessidades. Até mesmo o seu rancor e ressentimento desapareceram após ser cheio do espírito de Deus
4- ELE TEVE FÉ – Jefté creu na providência divina.

Querido irmão deixe Deus mudar a sua vida. O seu passado não é obstáculo para que Deus mude o seu viver, a sua posição social e espiritual.

11 comentários:

nivea maria silva disse...

olameu nome é nivea maria ponciano tenho que desenvolver um estudo sobre a trajetoria de jefte,só que estou emportugal onde nao tenho material para desenvolver o mesmo.eu queria algo mais esmiuçado do que encontrei neste estudo..optei por esta passagem pois foi atraves dela que aceitei a jesus queria fazer o melhor se puderem me ajudar a paz

Valdeci do Carmo disse...

Prezada irmã....graça e paz!!! diga o que a senhora deseja saber mais sobre Jefté que poderemos ajudar am alguma coisa.....

etniavaldeci@yahoo.com.br

wsc.missaodeevangeliazar disse...

que a graça e paz do Senhor esteja contigo e com todos que te rodeiam.
Querido Irmão em Cristo, foi muito gratificante entrar no blog tão maravilhoso, onde tem um estudo da palavra em que nos forataçece muito, sabendo que DEUS sempre levanta aqueles que já não ha mais esperança, e que nos honra com as suas prmessas. obrigado em nome de JESUS que Deus o abençoe neste tão maravilhoso trabalho que não é em vão...

Wandrey Suarez disse...

Irmão, seu estudo sobre o personagem Jefté foi diferente do meu estudo. minha visão sobre este personagem é diferente da visão do irmão.

Agora que vi sua forma de o ver, veja a minha e comente.

Wandrey

http://estudopessoal.blogspot.com/2011/03/jefte-um-filho-da-puta-frustrado.html

levi disse...

ola boa noite gostaria de fazer uma pergunta jefte fez um voto ele cumpriu mais ele ofereceu sua filha em sacrifiçio? ate mais

Wandrey Suarez disse...

Sim, caro Levi, ele cumpriu sua promessa ridícula.

Ele matou sua filhinha num fogo. Sacrificou ela à maneira dos cananeus para pagar seu voto ridículo.

Ele realmente era um homem frustrado.

Wandrey

Valdeci do Carmo disse...

Estou sem tempo de postar um estudo detalhado sobre o assunto em questão. Afinal Jefté sacrificou ou não a sua filha? Há muitos teólogos que afirmam que não. Outros dizem que sim. Mas de qualquer forma o voto foi sim um ato de precipitação da parte de Jefté, porque independente do seu voto a vitória seria dele por intermédio de Deus que já havia prometido isso. Deus nunca exigiu sacrificios humanos. Mesmo que Jefté o tenha feito, temos que levar em consideração que a época em que ele viveu foi a época dos Juizes, periodo em que a lei do Senhor não era observada. E Jefté viveu uma boa parte no meio de homens impios e com costumes pagãos. O que nos chama atenção não é o voto, e sim a fé de Jefté que foi exaltada em Hebreus. Acessem esse link para verem mais sobre o assunto. http://cirozibordi.blogspot.com/2007/03/o-polmico-voto-de-jeft.html

Fernanda disse...

olá!!! os trezentos anos que Israel habitou em Hesbom, foi sem a presença de Jefté?

Anônimo disse...

Jefté também não foi orgulhoso, pensem nisso, =D

Anônimo disse...

Agradeço a Deus por ter me direcionado a este estudo, pois falou muito ao meu coração. Que Deus abençoe.

Anônimo disse...

JESUS CRISTO É O SENHOR !