segunda-feira, 26 de abril de 2010

DISCIPULADO CRISTÃO - V

TRÊS COISAS QUE O NOVO CONVERTIDO PRECISA SABER

1- A realidade do pecado. O pecado é a incapacidade de alcançar o padrão estabelecido por Deus aos homens . Todos somos Pecadores Rm 3.23 ; Rm 3,10. Independente do grau de nossa cultura, da nossa descendência familiar, posição social ou econômica, nada nos faz diferente ou justos diante de Deus.


2- A pessoa de Jesus. (Rm5,8; Jo 3,16) . Para solucionar a situação do homem em relação ao pecado. Deus providenciou uma solução , Jesus Cristo . Não que nós merecíamos, mas a misericórdia de Deus nos alcançou.

3- A Vida Eterna. Após aceitar a Jesus e permanecer em obediência o crente goza da certeza de morar para sempre com o Senhor na eternidade (I Jo2.25 I Ts.4.16-18)


TRÊS COISAS QUE O NOVO CONVERTIDO PRECISA OBTER

1 – Fé (Hb. 11.1 –3). Toda religião é baseada na fé , ou seja, exige a fé dos seus fiéis. A fé para crescer precisa ser alimentada através da oração e leitura da bíblia.(Rm 10.17). A fé não é simplesmente uma confissão a respeito de Cristo, mas também uma ação dinâmica que brota do coração do homem que quer seguir a Jesus.( Mt 4.19; 16.24 ; Lc 9.23-24 ; Jo 12.25-26)

2 – Esperança.  Um substantivo derivado do verbo esperar que designa o anseio, a expectação de um bem ue se deseja. Em termos práticos a esperança é a fé posta em ação.O crente, novo convertido ou não, deve aprender a ter:

- Esperança na vontade de Deus

- Esperança na Justiça divina

- Esperança nas promessas de Jesus

Quando somos munidos desta esperança assumimos três atitudes fundamentais em nossa vida: Paciência , humildade e certeza.

3 – Amor.  A fé e esperança se completam no amor ou podemos dizer que conduzem ao amor ( I Co 13)

Os elementos práticos do amor são :

1 – Compreensão. O amor se esforça para compreender os outros. Não existe nenhuma pessoa idêntica a outra. Todos os seres humanos são diferentes na maneira de agir.

2 – Perdão. O amor de Cristo é perdoador. Quem tem o amor sabe perdoar. Lembrem –se que perdoar é esquecer. As decepções sofridas, as calúnias muito pode nos magoar, mas devemos perdoar se realmente o amor de Cristo está em nós.

3 – Serviço. Não basta falar do amor, é preciso demonstra-lo em atitudes .( Jo 13.12 – 15; Cl 3.23 – 24 ).

Este é o amor que necessitamos ter: compreensão para com os outros, perdão para os que pecam e erram contra nós, serviço prestado por amor a Cristo. Quando isto se encontra em nós e é expresso através da nossa vida , as pessoas podem sentir o “ bom perfume de Cristo” em nós ( II Co 2.15)

TRÊS COISAS QUE O NOVO CONVERTIDO PRECISA FAZER

1 – Estudar a Bíblia.  A Bíblia deve ser estudada de forma devocional e também sistemática, ou seja, por temas . (At 17.11; Jo 5.39)

2 - Oração.  (I Ts 5.17 ; Ef. 6.18 ) devemos orar a Deus constantemente, pois é através da oração que podemos conversar com Ele.

Oração é: Comunicação com Deus; Fonte de conforto e força no Senhor e respiração espiritual

Quando orarmos ao Senhor devemos orar em nome de Jesus e não em nome do Pai , do Filho e do Espírito Santo, senão estaremos orando a uma quarta pessoa.

3 – Testemunhar. O crente precisa aprender a testemunhar de sua fé. ( At. 1.8; At 22.15).A pregação mais eficaz é aquela que experimentamos em nossa vida, que Jesus salva , cura batiza com o Espírito Santo e nos leva para o céu.

MEIOS QUE PODEM SER UTILIZADOS PARA EFETUAR A INTEGRAÇÃO DE UM NOVO DISCÍPULO

a- CONTATO PESSOAL ( I Jo 1.1-2 ; Lc 6.13)

b- REPRESENTANTE PESSOAL – Quando Paulo não podia visitar a Igreja ele enviava representante. Timóteo foi o representante de Paulo à Igreja de Filipo ( Fp 2.19,22 )

c- ORAÇÃO PESSOAL – Jesus orava muito com os seus discípulos. Intercedeu por Pedro (Lc 22.32 ), outros exemplos: (Lc 6.12; Jo 17.1-9; Ef 1.16,17 )

d- CORRESPONDÊNCIA PESSOAL – a correspondência é um excelente recurso para Integração. Alguns temas que podem ser enviadas:

- Cartas de incentivo (Lc 1.3,4 2 Pe 1.12-15)

- Cartas com estudos bíblicos em anexo

- Convivência com Cristo

- Vida controlada pelo Espírito Santo

- Convivência Cristã

- Falando de Cristo aos outros

- Certeza de Cristo na vida

APRENDENDO A CONSERVAR RESULTADOS COM PAULO

EM TESSALÔNICA PAULO:

- orou por eles (I Ts. 1.2-3 ; 3.10)

- escreveu duas vezes

- Encorajou-os (I Ts 1.6-9)

- Deus exemplos (I Ts 1.5-6 ; 2.10)

- Estabeleceu alvo (I Ts 2.12; 4.1)

- Gastou-se a si mesmo por eles ( I Ts 2.8-9)

- Relacionou-se com eles (I Ts 2.7,8,11)

- Mostrou – lhes virtudes para serem alcançadas: amor (I Ts. 3.12; 4.9) pureza ( I Ts 4.1,7) ; honestidade (I Ts. 4.12)

- Mandou –lhes alguém ( I Ts. 3.6)

- Ensinou-lhes a viver por valores eternos ( I Ts 4.16-17)

Isto sim é uma verdadeira integração

A IMPORTÂNCIA DE TREINAR OS MEMBROS

Uma pessoa bem instruída torna-se bom mestre (2 Tm 2.2)

Sempre há algo novo a aprender para que possamos melhor desempenhar o trabalho do Senhor.

Quem não foi devidamente ensinado não pode apresentar um bom trabalho.

Realizar algo de forma errada por desleixo é pior do que não fazer nada

Quanto mais bem treinado , mais o crente irá produzir ( At. 4.1-4)

Quando estamos ensinando, mais nós aprendemos

DIVERSAS ÁREAS QUE OS MEMBROS PODEM ATUAR NO PROCESSO DE INTEGRAÇÃO

- As crianças , adolescentes e Jovens também necessitam de cuidados especiais, pois são eles os obreiros do futuro.

- Na saudação calorosa (Lc 10.5-6)

- Convite com sabedoria para a decisão a Cristo

- Quando for visitar o novo crente para o discipulado, deve-se evitar: comentários sobre fatos e pessoas desagradáveis, sobre Igrejas e costumes diferentes, falar sobre política e políticos de forma pejorativa, permanecer até a próxima refeição.

- Devemos contornar problemas tais como: falta de compreensão, interferência de outras Igrejas tais como Testemunhas de Jeová, mórmons, etc...

CONSIDERAÇÕES FINAIS

A obra de Deus deve ser realizada na certeza da vitória (I Co 15.57). Quando a Igreja se envolve com o trabalho de discipulado o resultado é glorioso.

Quando praticado de forma correta e séria , o discipulado forma crentes fortalecidos e enraizados na Rocha Inabalável.( Mt 7.25) Crentes alicerçados dificilmente se desviam ( Js 1.8). Crentes bem ensinados se tornarão obreiros fiéis e preparados para toda boa obra. 2 Tm 2.21.

A cada dia surgem novas heresias. Infelizmente muitos crentes se tornam presas fáceis porque não conhecem os fundamentos da fé e nem estão preparados para responder acerca da sua bendita esperança. (I Pd 3.15).

Crente bem discipulado é crente que vence as heresias pela Palavra de Deus.

Paulo afirmou que a Igreja é a coluna e firmeza da verdade.( I TM 3.15)

O discipulado feito com seriedade e oração torna-se o importante caminho da vitória da Igreja. Igrejas discipuladoras são Igrejas fortes e avivadas.


BIBLIOGRAFIA

BÍBLIAS

Bíblia ARC (Almeida Revista e Corrigida). Super Bíble 3.0. ICI do Brasil.

BÍBLIA DE ESTUDO PENTECOSTAL

BÍBLIA DE JERUSALÉM


LIVROS E LIVRETOS

Walker, Luisa J. Evangelização Dinâmica. Editora Vida, 1991.

Bícego, Valdir. Manual de Evangelismo.CPAD, 1990.

Groves, Lisa. Evangelismo e Discipulado. Editora Quadrangular, 1996.

Royer, Gary L. Missiologia. EETAD, 1998.

Estudos extraídos da Internet.

Ética Cristã, EETAD

Revista O Obreiro – CPAD nº 6

O Discipulado – Pastor Gilmar Santos

Livreto – Sua Nova Vida em Cristo

Livreto – O caminho para uma Vida Feliz

Livreto – O Plano da Salvação

3 comentários:

martins111 disse...

Visitei o seu blog e gostei. Seria uma honra se visitasse o meu desse sua impressão. Caso você goste podemos até fazer uma parceria. Graça e Paz. http://martins125.blogspot.com/

Valdeci do Carmo disse...

Nobre companheiro e irmão em Cristo. Sinto-me honrado por sua visita. Visitarei o seu blog sim. e quanto a parceria estou a sua disposição. Preciso aprender a melhorar o visual do meu blog e a postar videos. Sou leigo no assunto. Um grande abraço.

Valdeci do Carmo disse...

Nobre companheiro e irmão em Cristo. Sinto-me honrado por sua visita. Visitarei o seu blog sim. e quanto a parceria estou a sua disposição. Preciso aprender a melhorar o visual do meu blog e a postar videos. Sou leigo no assunto. Um grande abraço.